Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009
Cadê minha paz?

 

"You watch the season pull up its own stakes,
And catch the last weekend of the last week,
Before the gold and the glamour have been replaced.
Another sun soaked season fades away..."

 

 

 

Esses dias eu ando um tanto perdida, essa semana está sendo um tanto difícil.

 

O que mais me entristece é ver o quanto as pessoas são más, desonestas e cínicas. Isso me tira do sério e me faz perder a fé na raça humana por alguns instantes, como pode uma pessoa desafiar a inteligência do outro em busca de tirar vantagens? Isso é um absurdo, é crime e, se a justiça funcionasse nessa merda de país, as pessoas que fazem isso deveriam pagar por isso de uma forma em que elas soubessem o que é ser sacaneado e feito de estúpido.

 

Sinceramente eu já cansei de usar minha educação, de usar minha maturidade com gente que não merece nem ganhar um "bom dia". A partir de agora vai ser assim a minha paz de espírito vai valer mais do que convenções sociais.

 

Falando em paz coloquei essa foto pq foi tirada no meu lugar favorito da cidade o Largo São Sebastião, um local onde se concentra boa parte do patrimônio histórico da cidade pq em Manaus se derrubam casas históricas e se constroem caixotes mal feitos. No largo eu tenho paz e eu até esqueço que estou aqui.

 

A foto foi tirada no Teatro Amazonas, uma pérola do ciclo da borracha, quem deu o click foi meu amigo Eric... e no meio de tanta foto eu escolhi essa pq me parece natural afinal eu não saio por aí fazendo essa cara ... se faço juro que é proposital!

 

 

Essas fotos devem ter uns dois anos e meio, eu nem tinha tattoo e ainda tinha luzes loiras nos meus cachos, foi uma manhã muito legal. E essas lembranças me lembram a seca fotográfica que eu e o Eric estamos, huahuahauhaua.

 

 

 




Quarta-feira, 24 de Junho de 2009
Feel like a lady...

Estou escutando uma música da minha querida Amy Winehouse do Frank, Sronger than Me. Poor Amy...

 

Me peguei pensado em pq sempre falamos coisas do tipo, eu queria que você fosse mais forte do que eu?! Será que não é pedir demais?

Afinal cada um tem seus problemas, encara a vida de uma forma diferente então pq cultivar esse hábito de sempre depender de alguém e de querer se escorar em alguém supostamente mais forte?

 

Nós devemos ser fortes o suficiente para nossas necessidades, oras. Mas só para as nossas, não dá pra carregar todos na costa querer fazer isso é estupidez, falo por experiência própria.

Nossas expectativas devem se concentrar no nosso alcançe, até pq ninguém tem bola de cristal eficaz o suficiente para adivinhar o que você quer, tudo que nós podemos doar.

 

Pode até parecer egoísmo meu, mas acredito que devemos cuidar de nós mesmos, colocar nos outros a culpa por uma felicidade incompleta é não olhar para dentro de si. É a treva! 

 

Na maioria das vezes só você pode se proteger, e na maioria das vezes sua felicidade só depende de você ( estranho eu falando isso, né) claro que não é a coisa mais fácil do mundo dar conta disso. Muitas coisas você só consegue acertar depois que erra, estar bem consigo mesmo é a resposta para quase tudo, para todas as outras existem as terapias e os psiquiatras... Agora se nada surtir efeito, vá rezar!

 


sinto-me: nice!
trilha sonora: Stronger than me


Terça-feira, 9 de Junho de 2009
Pouco importava...

Ela descia as escadas vagamente acompanhada, ele subia as escadas cheio de dúvidas já não sabia onde estava

Ela fingiu não olhar e ele fingiu não saber seu rumo, os olhares se cruzaram duas vezes

Ela ficou pensativa, já vira aquele rosto antes só não se lembrava

Ele ficou pensativo, nunca tinha visto aquele rosto

Algum tempo se passou e os olhares voltaram a se cruzar,eles já não eram desconhecidos

Ela sorriu delicadamente por entre os cabelos da franja crescida que caiam sobre seu rosto,

Ele sorriu com o olhar doce de felicidade por entre os cabelos da franja crescida que caiam sobre seu rosto.

Ela sussurou olá e, ele se atreveu a ir até a moça...

Eles ficaram se olhando durante alguns minutos

Ela olhava seu cabelo loiro crescido adimirada, ele admirava uma garota com tantas cores e um sapato vermelho

Ela elegiou sua camisa listrada de azul e marrom, dizendo: é uma combinação audaciosa em você ficou bom...

Ele ficou tímido e disse a ela: Acredito que não há elogio que lhe faça, que você não conheça. Você aparentemente deixa caras como eu, sem fala e atordoados todos os dias por esporte e sabe bem disso

Ela sorriu e retrucou: Não, essas coisas só acontecem quando você encontra alguém importante. Não são todos que conseguem ler todos os meus detalhes como você.

 

Ele se sorriu e se aproximou, ela fez o mesmo. Já pareciam não se importar com todos a volta.

Ela sorriu, pela primeira vez parecia tímida, e ele a beijou e disse:

Pouco importa escolha bem, se você não acredita em conto de fada e beijo de filme tem que haver alguém de verdade que acredite em amor verdadeiro e beijo de filme...

 

Rá!

 

 

 

* Essa história é completamente fictícia, inspirada na música "beijo de filme" do MOPTOP ainnnnn 

 

 


sinto-me:
trilha sonora: Beijo de Filme - MOPTOP

by Cá às 18:35
link do post | comentar | favorito

.sobre mim
.pesquisar
 
.Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29
30


.posts recentes

. Cadê minha paz?

. Feel like a lady...

. Pouco importava...

.arquivos

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

.links
.foticas
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds