Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009
Criatividade

E entre os teólogos pela saco daqui a discursão numero 1.258.639.32,25 é qual a melhor ferramenta de trabalho MAC X PC, deve ser por isso que a coisa mais rara de se ver por aqui é algo consistente, embasado e criativo.

 

Eu levanto e sempre levantei a bandeira de Belas Artes, mesmo antes de cursar faculdade de Design Gráfico.  Eu não sei o pq mas me sinto altamente deslocada profissionalmente na minha região, talvez por pensar que no meu trabalho a criatividade seja o carro chefe de tudo. Sou designer oficialmente há um ano e estou cansada da explosão da mídia digital, cansada dessa coisa superficial e plástica que interagimos ou  fingimos interagir.

 

Onde estão as opções? E quem não quer twittar o dia todo nem jogar guitar hero, como fica?

Se fode? Seria óbvio demais para ser verdade.

 

Será Manaus uma terra fadada a ser dominada pelos pelas saco de plantão, ahhh trabalho 80h por semana na agência, uso um MAC e sou foda?!

 

Tudo o que tenho a dizer é sempre adorei a palavra ALTERNATIVA!

E que ninguém se atreva a me negar esse direito e nem o direito de ser diferente!

 

 

Caraleo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



by Cá às 16:23
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009
Iatos

Existem muitos iatos durante nossa vida, o mais importante é não deixar que esses iatos congelem seu coração. Iatos sempre me trazem saudade e um sentimento de impotência de não poder mudar o que já foi feito.

 

Mas hoje me bateu uma saudade gostosa... Saudade de não ter preocupações, das amizades inocentes que pareciam sólidas para toda uma vida, saudade de  uma amiga em especial...

 

Dessa vez eu não fiquei procurando as razões de pq a vida me separou disso tudo eu apenas disse, as coisas acontecem por alguma razão... É Drika elas realmente acontecem por uma razão, para nos dar uma lição e o melhor de tudo é saber que mesmo passado o tempo e o iato de nossas vidas ainda estamos guardadas cheio de carinho num cantinho da sua lembrança... no seu apê bagunçado =P - Tirando a parte do apê isso tbm serve pra Juli.

 

Meu coração está mais calmo e, cheio de amor por cada telefonema, sms, scrap que eu recebi me desejanto toda felicidade do mundo sábado passado. Tudo isso me fez ter forças o suficiente para abrir um sorriso e os braços pro mundo. Todos os votos de felicidade fizeram uma corrente de boas vibrações e me tiraram do buraco...

 

Bjokas e bjundas

 

 

 


sinto-me: =)
trilha sonora: goodnight goodnight - marron 5

by Cá às 18:41
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009
Talvez

Talvez para achar o que realmente importa  seja necessário 

perder todas as certezas que você passou a vida toda cultivando.

Talvez o sentimento de perda seja só uma ilusão,

pq no final as contas nada deve ser seu de verdade.

 

Se for, ou, é muita maldade sua não ter cuidado do que era seu, ou,

é muita maldade do objeto do seu afeto lhe virar as coisas e seguir em frente sem você.

Ou talvez até você começe a acreditar que está louco, e que perder-lo fez você perder a vontade de cuidar do que ainda lhe resta.

 

Loucura, ou não, há duas estradas a sua frente sempre.

Só que a sua vista está embaçada, e talvez passe a vida toda assim

ou talvez você encontre uma terceira estrada e se perca no caminho.

 

Talvez você nem se dê conta disso e prefira o silêncio

ou talvez você coloque música para ensurdecer o eco do seu coração

Elizabeth Bishop estava certa, é evidente que a arte de perder não chega a ser mistério

Se achar na perda talvez seja o maior mistério

 

 

 

 

Dias melhores virão, noites melhores virão, sorrisos melhores virão...

 


sinto-me:
trilha sonora: Live High - Jason Mraz

by Cá às 19:33
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 2 de Julho de 2009
Our life is not a movie

 

Be everything, but don't be obvius!

Make of your life a good movie!

 

Love, hate, kill and sex!

 

One day you'll look back and will be sad if you don't have history to tell.

 

Dream.

 

Sometimes it is the only way to keep walking...

 

Drink and drang yours sad memorys in a good cup of strawberry daiquirí,

it's light and you'll can remember well in the next morning.

 

Take one day to gift yourself and enjoy the night with you...

 

Kiss, be inside and outside of somebody

that's one of the best things that you can do in your life...

 

Forget everything that makes vou sad and make somebody smile

walk alone in a sunny day, close to the nature and laught of yourself...

 

is the only way for keep us alive!

 

Então...

 

Se encararmos a vida como um filme devemos admitir que o roteirista é meio míope e que o diretor de fotografia esqueceu de aparecer em alguns capítulos e, sem dúvida os contra-regras esqueceram várias coisas no cenário da gravação... E os atores que tiveram tantas cenas sem um pingo de preparo!

 

Não existe uma receita para fazer bonito, alguns de nós passam a vida toda numa história sem grandes dilemas nem grandes emoções só que isso não os fazem mais centrados do que toda a humanidade bipolar que esta chorando, rindo e correndo em busca do que nem sabe ao certo.

 

O normal não existe, o conceito de normal me remete a cor beige. Uma cor indecisa que não serviu pra ser branco e não aceita por  isso fica se fazendo quase branco a vida toda. Ser quase é a treva!

 

 

 

Seja louco, quase louco é sacanagem não existe... ou vire budista daí você será laranja e não beige!

 

 

 

 


trilha sonora: Our life is not a movie or maybe

by Cá às 19:48
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 2 de Março de 2009
Palavras Soltas... sobre saudade

Ultimamente eu tenho sentido muita saudade da minha avó, ela não era minha avó de verdade, mas foi a única que conheci. Ela foi muitas vezes minha mãe, até.

 

Eu gostaria que ela estivesse aqui agora, agora que sou uma pessoa melhor... Agora que aprendi a ter orgulho das minhas origens e não as escondo de ninguém.  Eu queria ter cuidado de você, ter retribuído um pouco de tudo o que você fez por mim.

 

Ainda guardo cmg o último abraço desajeitado que lhe dei, Cai. Ainda lembro da besteira que lhe falei : " vá e não se estresse Dona Maria, aqui a pouco as duas estarão aqui"

 

Estou lhe esperando até agora  me adonei da sua casa e quebrei o controle da sua TV... Mais isso não lhe trouxe de volta! Chorar também não adiantou de nada!

 

Então fiz tatuagem para você, fiz uma andorinha azul aninhada dentro de uma rosa. Sou eu dentro de todo amor que você deixou para mim... Hoje escrevi  "Cai" no meu pulso esquerdo e no pingo do "i" fiz um coração, é muita saudade não é? Para sua netinha grossa e espinhenta fazer isso...

 

Eu senti você quando fui lá, não pense que me enganou...

 

Desculpe-me por tudo pelas tattoos e os piercings, pelos palavrões... Pela sua parede!

Espero que onde quer que você esteja você me veja como eu sou, por debaixo disso tudo...

 

Amo – te

 

 

 

 




Palavras Soltas II

Eu me encontrei com Deus no corredor de um hospital e pedi pela vida que não era minha,

Eu duvidei de Deus, em uma esquina da minha vida...

Eu perdi completamente a fé, e eu caí ao inferno inúmeras vezes

E eu não fiquei por lá

 

Eu fiquei perdida, atordoada

Eu caí no chão, com olhos marejados de dor e brasa

Sim, eu perdi muitos dos meus dias vivendo vidas que não eram as minhas

e amando amores que não eram meus

Escondida atrás de rostos que não eram familiares

 

Eu passei a vida inteira esperando por algo acontecer e me dar vida

mesmo querendo arrancar minhas asas

Eu anciei por uma fé a qual nunca vi ou alcançei

E eu me rendi, tantas e vergonhosas vezes

por nada além de um pouco de esperança

 

Eu acordei ofegante e me irritei

por onde você esteve, por onde eu estive?

Meus joelhos estariam em sangue se estivesse esperando por você

E eu olhei para os meus joelhos

Eu sangrava muito e nesse momento eu percebi

Você estava a minha sombra esse tempo todo

Eu é que não estava aqui

 


sinto-me: tired
trilha sonora: You found me

by Cá às 16:45
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009
dead memories in my yard...

 Você é só um velho só, preso em um corpo não tão velho assim e mal  tratado.

 Você não passa de uma alma vazia corrompida pela desgraça e pela amargura a qual não se desprende.

 Você é só um fraco, relapso de si mesmo sempre esperando o pior acontecer para sair como vítima.

 Você nunca é o errado, o resto de nós sempre somos.

 Você maltrata a todos, afasta a todos só para se convecer que quando estiver sozinho não vai sentir falta de nada.

 Você faz do seu prezo um desprezo, um menosprezo o qual  te fere de maneira com que você nem sinta

  Você me faz sentir pena dessa alma cheia de pus que se tornou, talvez por um dia ter visto algo a mais em você.

 Você é um cretino, eu te odeio... você acaba comigo toda vez que faz merda. Estou cansada de ser sua babá, estou cansada de levar seus ponta-pés.

 Você seu imbecil,machista de merda um dia vai se arrepender do que fez e não vai ter como pedir desculpas.

 

  Eu não sou seu prêmio, não sou a merda de uma boneca para ser exibida e preterida. O que você faz me faz sentir uma dor tão grande que ferida física alguma vai poder demostrar.


sinto-me:
trilha sonora: dead memories - slipknot


.sobre mim
.pesquisar
 
.Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29
30


.posts recentes

. Criatividade

. Iatos

. Talvez

. Our life is not a movie

. Palavras Soltas... sobre ...

. Palavras Soltas II

. dead memories in my yard....

.arquivos

. Novembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

.links
.foticas
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds